Sexta feira

É sexta feira .. coloco as minhas luvas, uma máscara e desço .. para pegar uma encomenda … subo sem tocar em nada .. coloco a encomenda de quarentena no lavabo.. jogo as luvas fora e tomo banho.. É sexta feira … não há um programa na rua nem hoje nem amanhã e nem depois de amanhã .. gostava do meu perfume, hoje só sinto o odor de álcool e Cândida .. mascaram tudo .. a mim mesma e a todos .. Sinto o privilégio de ainda ter álcool e de ter casa para me abrigar … Sou grata por poder estar sem trabalhar por um período .. mas choro todos os dias pelos que não tem a casa nem o álcool … pelos que estão nas ruas e pelos que morrem no mundo .. Ouço um grande pranto que ecoa como uma música … O que podemos fazer neste momento de dor ? Nos isolar … e pedir a Deus que olhe por nós .. e que nos ajude a lutar contra o inimigo invisível que nos afronta e se esconde nas mãos ,nas portas, nas paredes … nas caixas .. em tudo que pode … nos ajude a lutar contra os inimigos visíveis que não acreditam na gravidade da pandemia e egoisticamente negam medidas de prevenção e riem da situação .. nos ajude a fechar os olhos e refletir sobre o sentido da nossa existência quando a sobrevivência é o bem maior a ser alcançado ..Nos ajude a passar pela solidão de não saber o que será do amanhã .. quais de nós estaremos nele e como estaremos Nos ajude a ajudar e não sermos tão frágeis a ponto de negarmos algo a quem precisa Nos ajude a acreditar que não tivemos, não temos e nunca teremos o controle sobre nada… sobre ninguém. Nos ajude a entender que Deus não é o dinheiro. E que nossos dias estão contados na terra, não importa o que aconteça.

Publicado por

katiaoddone

Médica psiquiatra , escritora

6 comentários em “Sexta feira”

  1. Sim! Mas temos em amigo invisível que é real e oro e peço todos os dias à Ele que não nos deixe, não nos abandone e acredito sempre que a Sua presença é constante em todo e qualquer momento de nossas vidas .

    Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado;
    Todavia eu me alegrarei no Senhor; exultarei no Deus da minha salvação.
    O Senhor Deus é a minha força, e fará os meus pés como os das cervas, e me fará andar sobre as minhas alturas.

    Habacuque 3:17-19

    Curtir

  2. É isso mesmo Katia, ninguém podia imaginar que passaríamos por tal provação , mas a única coisa que passa na minha cabeça é que realmente temos que nos perguntar “por que” tudo isso… precisávamos de um basta, a humanidade estava seguindo para uma estrada errada, dando Um grande importância para o que no fundo, não tem importância, indo contra aquilo que é mais frágil é necessário : a natureza, animais, Respeito aos nossos pais, professores, anciões… enfim, neste momento nos basta sobrevivermos do vírus invisível e financeiramente deste estrago! Fique com Deus, amiga 🙏🏻😘

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s